TC Mover
Mover

Após recorde, bolsa cai com exterior, Bradesco; amanhã, payroll, produção industrial e balanços concentram atenções

Postado por: TC Mover em 31/10/2019 às 19:39

Depois de bater recorde histórico de fechamento ontem, o Ibovespa fechou em queda nesta quinta-feira, contaminado pelo exterior – onde pesam uma maior tensão entre Estados Unidos e China e dados fracos do PMI de Chicago -, e com os resultados do Bradesco pesando negativamente no índice. Mesmo assim, o índice encerra o mês em alta de 2,36%, a segunda consecutiva. O investidor já se prepara para amanhã, quando sai o relatório payroll não-agrícola dos EUA, que pode mexer com Wall Street. Por aqui, além dos dados de produção industrial, a agenda traz a assinatura da minuta do termo aditivo ao contrato da Cessão Onerosa entre a Petrobras e a União, com a participação do ministro da Economia, Paulo Guedes.

 

O dado que vai mexer com os mercados nesta sexta-feira é o relatório de emprego privado não-agrícola dos EUA de outubro. Economistas esperam que o relatório payroll mostre o menor crescimento em vagas desde junho: 85 mil, segundo o consenso. A disputa entre Estados Unidos e China mexeu com os mercados em Nova Iorque hoje, que fecharam em queda, contaminados pela notícia da Bloomberg News, citando fontes, que disse que os chineses desconfiam da vontade de Trump de assinar um acordo duradouro.

 

No cenário nacional, hoje pesaram negativamente no índice os papéis do Bradesco. O investidor optou por realizar após as altas recentes, e o papel PN fechou o dia em queda. O Ibovespa encerrou o pregão desta quinta-feira em queda de 1,10%, a 107.219 pontos, com volume de R$15,2 bilhões – bem acoima da média diária das últimas semanas. No mês, registrou avanço de 2,36%, a segunda alta mensal consecutiva. O dólar futuro subiu 0,61%, a R$4,024, com maior aversão ao risco e tendo sido pressionado mais cedo pelo vencimento da taxa Ptax. A queda do câmbio no mês foi a mais pronunciada desde janeiro.

 

Amanhã, o investidor deve ficar atento à assinatura da minuta do termo aditivo ao contrato da Cessão Onerosa entre a Petrobras e a União, às 10h00. Na agenda da sexta-feira, além do payroll nos Estados Unidos, os dados de PMI também darão mais detalhes sobre o panorama econômico da maior economia do mundo. No Brasil, o IBGE divulga dados de produção industrial. Também serão divulgados IPC-S semanal, PMI manufatura e balança comercial mensal.

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis