À espera de medidas, mercado volta a focar no noticiário local; aversão global ao risco pode impactar sentimento - TradersClub
TC News
News

À espera de medidas, mercado volta a focar no noticiário local; aversão global ao risco pode impactar sentimento

Postado por: TC News em 18/07/2019 às 9:14

O investidor deve repercutir os esforços do governo do presidente Jair Bolsonaro para reverter a sensação de paralisia econômica entre os consumidores e empresários brasileiros, e a noção de que o governo não tem nada mais, além da Reforma da Previdência, para apresentar. Essa noção falaciosa tem dominado o noticiário local – o que deve ter levado Bolsonaro e sua equipe, comandada pelo ministro Paulo Guedes – a anunciar um pacote de medidas de estímulo, exatamente no dia que a administração faz 200 dias. Qual será o impacto? Limitado, pois, como disseram membros experientes do TC, os problemas estruturais da economia brasileira não se resolvem com paliativos.

 

Entre ontem e hoje, Guedes fechava questão em algumas das medidas, como a nova liberação de parte do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, ou FGTS, para contas ativas e inativas. A medida pode ser apresentada nesta quinta-feira, em evento em que Bolsonaro deve discursar para falar dos primeiros seis meses e 20 dias de governo. O pacote teve recepção morna na véspera, com a bolsa ensaiando alta tímida de 0,08%, e dólar e juros futuros recuando. O governo precisa mudar o quadro de desempenho econômico medíocre, pois sabe que a reforma sozinha não vai tirar o PIB da crise em que o governo do PT o deixou: na semana passada, a equipe de Guedes cortou a previsão de expansão da economia deste ano de 1,6% para 0,81%. O pacote inclui ainda mais um “revogaço”, ou a anulação de decretos considerados ultrapassados ou sem função. 

 

As medidas, no entanto, são positivas, pois a Nova Previdência e o pacote de estabilização fiscal têm um impacto negativo de curto prazo no crescimento econômico, disse Pedro Tuesta, economista-chefe para a América Latina na Continuum Economics. Para ele, o pacote ajuda a “ocupar o vazio deixado pela pausa na aprovação da Nova Previdência”, o que é bom para o governo. De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, a piora nas projeções para o desempenho da economia neste ano deve forçar Bolsonaro a fazer mais um bloqueio de recursos de ministérios, porém, em valor menor do que o esperado pela equipe econômica: de R$1 bilhão a R$2 bilhões. O mesmo jornal também veicula notícia de que a proposta que blinda a Regra de Ouro, atualmente sendo discutida no Congresso, deve impor travas ao Orçamento da União já no ano que vem. 

 

O vazamento do pacote de medidas pela imprensa impulsionou as ações de consumo e de shoppings, e derrubou as de incorporação de baixa renda. Assim, fique de olho nos potenciais desdobramentos do mesmo ao longo do dia – Bolsonaro somente deve dar o balanço dos seus primeiros 200 dias de governo no final da tarde. No campo dos indicadores, a agenda pela manhã traz dados do IGP-M, divulgados pela FGV, e números dos Estados Unidos, como os pedidos iniciais por seguro-desemprego – que sempre trazem alguma volatilidade aos mercados – e do índice de atividade industrial mensal. Os resultados corporativos nos Estados Unidos seguem no radar. Por aqui, a temporada de balanços começa na semana que vem, com a Cielo.

 

Quer ser um investidor bem informado? Cadastre-se no TradersClub e siga nosso canal de notícias e comentários exclusivos.

 

.

 

Principais notícias corporativas

 

No âmbito corporativo, a Estácio informou a mudança de seu símbolo de negociação na B3 para “YDUQ3”. O Banco Inter informou que foi deferido pela B3 o pedido de adesão ao Nível II de governança corporativa. Além disso, o Inter também passará a negociar units e ações ON em São Paulo a partir de amanhã. A Light informou que, após a oferta pública, a Cemig passou a deter 22,6% das ações ordinárias da companhia. 

 

A Bombril aprovou a conversão da integralidade das debêntures, que tiveram emissão divulgada em 2014, em ações da companhia. A Tecnisa concluiu oferta primária subsequente de ações, com volume de R$445,5 milhões, a R$1,10 por ação. Os investidores devem reagir a notícia de que o governo deve manter a “golden share” – uma ação especial que dá maiores poderes ao detentor – na Eletrobras, após privatização.

 

Agenda do dia

 

Indicadores nacionais

08h00 IGP-M segundo decêndio (julho) – FGV

 

Indicadores internacionais

05h30 Reino Unido – Núcleo de vendas no varejo mensal (junho)

05h30 Reino Unido – Vendas no varejo mensal (junho)

09h30 EUA – Pedidos iniciais por seguro-desemprego 

09h30 EUA – Índice de atividade industrial mensal (julho) – Fed Filadélfia

 

DISCLAIMER: Este newsletter não tem o objetivo de promover a venda de títulos e valores mobiliários específicos, e sim, de informar correta e oportunamente a quem o recebe.

TC News Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis