TC Mover
Mover

XP usará IPO para reforçar banco e concentrar negócios de clientes para dobrar custódia

Postado por: TC Mover em 11/12/2019 às 16:49

A XP Inc vai investir os recursos captados na oferta pública inicial encerrada ontem para estruturar seu banco, que vai complementar os serviços prestados aos clientes, como forma de incentivar o aumento dos ativos sob custódia, com potencial para dobrar em relação aos R$350 bilhões atuais, disse hoje o presidente da instituição, Guilherme Benchimol.

 

Em entrevista por telefone, de Nova York, após o lançamento dos papéis na Nasdaq, Benchimol afirmou que a listagem fora do Brasil ocorreu porque os controladores já vinham sendo diluídos desde 2010, com a entrada de novos investidores, e as leis brasileiras não permitiriam a emissão de ações sem direito a voto, o que levaria à perda do controle da empresa. Mas, segundo ele, há interesse em fazer a listagem dos papéis também no Brasil assim que possível. A Comissão de Valores Mobiliários estuda regras para facilitar empresas terem dupla listagem, no Brasil e no exterior.

 

Segundo ele, a maior parte dos recursos da emissão primária, de ações novas, de cerca de US$1,1 bilhão, ou R$4,4 bilhões, será usada na estruturação do banco da XP, que já foi autorizado a funcionar pelo Banco Central. O objetivo será conceder serviços de conta corrente e crédito para os clientes, para que não precisem dos serviços de outros bancos e concentrem seus negócios na plataforma. Segundo Benchimol, hoje os clientes têm em média 45% de seus recursos aplicados na corretora, percentual que poderia dobrar com o aumento da concentração.

 

Benchimol não quis comentar a forte alta dos preços da ação, que subia mais de 20% em relação ao valor da oferta, de US$27,00, afirmando apenas que há uma grande confiança no potencial de crescimento da empresa no mercado brasileiro. Ele deu como exemplo que os bancos brasileiros terão uma receita com investimentos de R$500 bilhões este ano, e que a XP espera ter 1% desse valor este ano, o que equivaleria a R$5 bilhões. Ele disse também que a XP vai investir em outras áreas, como seguros, e que o crescimento será orgânico, sem novas aquisições.

 

(Foto: Guilherme Benchimol, fundador da XP Investimentos – Divulgação)

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis