TC News
News

XP rebaixa BRF e eleva JBS em cenário construtivo para proteínas no Brasil

Postado por: TradersClub em 11/01/2019 às 13:49

A equipe da XP Investimentos decidiu substituir BRF por JBS como sua preferida no setor de proteínas, enfatizando, por um lado, a subida recente da ação da BRF e pouca visibilidade no plano de reestruturação e, de outro, a expectativa de resultados fortes da JBS nos Estados Unidos.

 

Na prática, os analistas elevaram a recomendação de JBS para “compra” e reduziram a exposição em BRF para “neutra”. Além das mudanças nas recomendações, o time da corretora mostrou em relatório uma perspectiva construtiva para proteínas no Brasil em 2019. Destacou sólidas tendências de exportação, melhora na demanda interna e preços mais altos, com níveis confortáveis de custos de matérias-primas.

 

Com efeito, a XP aumentou o preço-alvo para JBS de R$11 para R$16. Além do cenário setorial, os analistas veem com atenção a possibilidade de listagem das ações da JBS nos EUA, o que poderia reclassificar os múltiplos da empresa – como referência, a Pilgrim’s Pride, subsidiária da JBS nos EUA, negocia a 6,5 vezes EV/EBITDA, contra 4,9 vezes da JBS.

 

O indicador EV/EBITDA dá uma ideia ao investidor de quanto tempo levaria para o lucro operacional da empresa pagar o investimento feito para compra-la. Por volta de 11h10, JBS ON subia 1,32% na B3 a R$12,31. No mesmo instante, o Ibovespa perdia 0,31% a 93.515 pontos.

 

Simultaneamente, os analistas diminuíram o preço-alvo de BRF de R$30 para R$28, julgando também que “os desinvestimentos da BRF têm sido mais lentos do que o esperado”. Na quinta-feira, a companhia anunciou sua última venda de ativos na Argentina, a Campo Austral, por US$35,5 milhões, totalizando agora vendas de US$145,5 milhões em ativos, ou 20% dos R$3 bilhões projetados pela administração em desinvestimentos.

 

“Apesar de vermos o potencial da BRF para levantar os R$3 bilhões restantes, por meio de seus ativos na Tailândia e na Europa, a visibilidade permanece limitada nessa frente”, diz a XP. As ações ON da BRF caíam 2,8% a R$22,79.

 

(Foto: JBS/Divulgação)

TC News Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis