TC Mover
Mover

Vale negocia fianças bancárias de R$5 bilhões, diz fonte

Postado por: TC Mover em 28/01/2019 às 8:15

A Vale negocia a obtenção de R$5 bilhões em fianças bancárias, em um esforço para reforçar seu caixa na iminência de sanções e multas decorrentes da queda de uma ou mais barragens de rejeitos em uma mina em Minas Gerais, disse uma fonte com conhecimento do assunto à TC News.

 

Instituições como o Itaú Unibanco e o Bradesco já foram consultadas pela Vale, disse a fonte. Outros bancos internacionais também foram contatados. Até final de setembro, a Vale tinha pouco mais de R$24 bilhões no caixa e mais de R$20 bilhões em linhas de crédito rotativo, uma espécie de empréstimo não desembolsado, porém disponível, em casos de emergência.

 

A situação mostra a ação rápida da diretoria da Vale, comandada pelo diretor-presidente Fabio Schvartsman, para garantir à sociedade que a mineradora vai arcar com quaisquer prejuízos relacionados ao acidente – sem deteriorar a sólida posição financeira da companhia. A Vale suspendeu hoje cedo seu programa de dividendos, juros sobre o capital próprio e recompra de ações de até US$1 bilhão, anunciado quase um ano atrás.

 

Ontem a Justiça de Minas Gerais impôs bloqueios de R$11 bilhões ao caixa da companhia, enquanto o Ibama puniu a empresa em R$250 milhões pelo desastre – que inundou a região do Córrego do Feijão, na cidade mineira de Brumadinho; até o momento 58 corpos foram resgatados e há mais de 300 desaparecidos. A assessoria de imprensa da Vale não foi imediatamente contatada.

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis