UBS rebaixa preço-alvo do ADR da Vale de R$15 para R$12; recomendação neutra - TradersClub
TC News
News

UBS rebaixa preço-alvo do ADR da Vale de R$15 para R$12; recomendação neutra

Postado por: TC News em 11/02/2019 às 11:28

O UBS, em relatório assinado por Andreas Bokkenheuser, Marcio Farid e Cleve Rueckert, vê o cenário pós-acidente da Vale ainda nublado em relação à retomada de licenças e permissões. Por isso, a equipe rebaixou o preço-alvo do ADR da companhia negociado em Nova Iorque de US$15 para US$12, com recomendação “neutra”.

 

O aumento da produção das minas da Vale que não foram afetadas pela interrupção das que usam barragem a montante – como a que rompeu em Brumadinho – deve reduzir o preço do minério de ferro de volta a US$65 a tonelada até 2021, avaliam analistas do UBS, que veem a disparada nas cotações da commodity como temporária.

 

A partir dos desdobramentos da tragédia, o banco suíço estima que a Vale produzirá 50 milhões de toneladas anuais a menos neste momento, o que se traduz em uma alta na projeção do UBS para o minério de ferro de US$65 para US$74 a tonelada neste ano, e de US$66 para US$70 a tonelada em 2020. Para 2021, a equipe manteve a projeção de US$65 a tonelada.

 

O produto com 62% de pureza negociado no mercado à vista chinês de Qingdao voltou do feriado prolongado na região com alta forte de 5,90% nesta segunda-feira, cotado a US$90,58. De acordo com um trader do UBS em entrevista à Bloomberg TV, o setor de mineração começou 2019 com um excesso de oferta aparente de 20 milhões de toneladas de minério, e agora convive com um déficit de, aproximadamente, 30 milhões, o que fundamenta o salto nas cotações.

 

O banco de investimentos diz que, em pesquisa recente, notou maior interesse de investidores locais em aproveitar a desvalorização da Vale para comprar ações, enquanto o estrangeiro está mais relutante, observando ser ainda muito cedo, e ponderando preocupações de governança e meio ambiente.

 

Por volta de 11h10, a ação ON da Vale tinha desvalorização de 0,51% a R$42,95, apesar da forte alta do minério de ferro na volta dos mercados chineses após o feriado de Ano Novo Lunar. No mesmo instante, o Ibovespa perdia 0,69% a 94.685 pontos.

 

(Foto: Agência Vale)

TC News Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis