TC Mover
Mover

Resultados mostram Gerdau mais leve, rentável, apesar da economia fraca; ação sobe

Postado por: TC Mover em 08/05/2019 às 14:43

As ações da Gerdau exibiam a maior alta em mais de um mês, com os resultados do primeiro trimestre surpreendendo positivamente e atraindo investidores a uma siderúrgica mais leve e mais rentável, segundo analistas, apesar da retomada ainda lenta da economia.

 

A Gerdau divulgou um lucro líquido de R$452,6 milhões no primeiro trimestre, uma alta de 1% na comparação anual e abaixo do consenso compilado pela TC News de R$510 milhões. No entanto, o EBITDA – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – totalizou R$1,55 bilhão, acima do consenso de R$1,45 bilhão.

 

Para bancos e corretoras, os números da Gerdau mostraram o êxito da recente venda de ativos com margens mais baixas – como vergalhão e fio-máquina – nos Estados Unidos, com os volumes maiores de venda de aço compensando preços mais fracos que o esperado.

 

Nas palavras do analista Leonardo Correa, do BTG Pactual, a Gerdau entregou mais do que o prometido tanto nos EUA quanto no Brasil, fortalecendo a expectativa de margens operacionais cada vez melhores à frente, com o aumento da demanda por aços longos. “Ainda vemos um caso muito atrativo para os próximos dois, três anos e vemos um bom ponto de entrada nas ações”, diz em relatório, sugerindo compra, com preço-alvo de R$21.

 

Na mesma linha, o analista Gustavo Sadka, da Safra Corretora, reitera a recomendação outperform, equivalente a compra, para as ações da siderúrgica após o balanço trimestral, com preço-alvo de R$20,30 para o fim do ano, prevendo avanço dos resultados a partir do segundo semestre, na esteira da retomada econômica do Brasil.

 

A equipe de análise da XP Investimentos elege Gerdau como a preferida dentre as empresas siderúrgicas, recomendando compra, com preço-alvo de R$22. “Vemos as ações negociando a 4,7 vezes o EBITDA em 2019, 30% de desconto em relação a Usiminas e CSN e 25% abaixo do que consideramos justo”, afirma em nota a clientes.

 

Por volta de 12h50, as ações PN da Gerdau avançavam 2,32%, maior salto desde 1º de abril, cotadas a R$14,55. No mesmo instante, os papéis de CSN e Usiminas ganhavam 1,06% e 1,54%, respectivamente. O índice Bovespa subia 1,88% a 96.158 pontos.

 

(Foto: Gerdau/Divulgação)

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis