TC Mover
Mover

Petrobras diz adeus ao último nome da gestão Dilma Rousseff

Postado por: TC Mover em 08/01/2019 às 8:26

Carlos Alberto Pereira de Oliveira foi nomeado na noite de ontem como novo diretor de exploração e produção da Petrobras, em um movimento surpreendente que também marca a saída da última diretora remanescente da era Dilma Rousseff na estatal.

 

De acordo com fontes, se esperava que Solange Guedes, quem era diretora de E&P da Petrobras desde o mandato presidencial de Rousseff, ficasse; mas o novo diretor-presidente da estatal, Roberto Castello Branco, quer quadros mais agressivos no E&P, disse a fonte. Oliveira tem quase 40 anos de Petrobras e é considerado como o maior conhecedor do tema exploração na companhia.

 

O sinal é que na gestão Castello Branco a Petrobras vai ter de melhorar seu desempenho operacional, cumprir as metas de produção e se focar no pré-sal. Com o Brent nos níveis atuais e o papel mostrando cada vez menos assimetrias de alta, parte do apelo da ação da estatal residirá em sua capacidade de produzir mais com menos recursos.

 

A Petrobras quase quebrou durante a administração Rousseff (2011-2016). Ela colocou na estatal múltiplas e custosas responsabilidades – desenvolver exclusivamente o pré-sal, investir em refino e outras atividades menos rentáveis e subsidiar combustíveis, o que levou a um aumento significativo na dívida da Petrobras.

 

  • Os papéis ON e PN da Petrobras têm alta acumulada de 60% e 54% nos últimos 12 meses, respectivamente.

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis