TC Mover
Mover

Operação que envolve Cemig cumpre mandados de busca; ação despenca

Postado por: TC Mover em 11/04/2019 às 13:27

A Polícia Federal e Receita Federal deflagraram a quarta fase da Operação Descarte, que apura operações fraudulentas utilizadas para esconder crimes na Cemig e algumas das suas subsidiárias, puxando os papéis da terceira maior holding de energia do país para sua pior queda em quase três semanas.

 

A fase da operação, chamada de “E o Vento Levou”, executou 26 mandados de busca e apreensão nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Segundo comunicado da PF, as investigações buscam ligações entre ações de grupo criminoso para ocultar crimes de sonegação fiscal, associação criminosa, lavagem de dinheiro, peculato, evasão de divisas e falsidade ideológica. A operação já tinha detectado a atuação do grupo em fraudes envolvendo uma sociedade de economia mista do setor elétrico e empresas do setor eólico. Cemig em nota confirmou que sua sede foi objeto de buscas na manhã de hoje e prometeu colaborar com as investigações.

 

Há pouco, o governador de Minas Gerais, Romeu Zema, disse esperar que “algo grave” saia das investigações da Operação Descarte, sem detalhar. As ações PN da Cemig cederam até 2,93% mais cedo, a maior queda desde final de março.

 

(Foto: Cemig/Divulgação)

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis