TC Mover
Mover

MP de Minas pede que Vale antecipe indenizações e pague R$2 bilhões por danos em mina de Macacos

Postado por: TC Mover em 18/06/2019 às 17:36

O Ministério Público de Minas Gerais e a Defensoria Pública do Estado ingressaram com um ação civil pública para que a Vale antecipe indenizações a moradores de Nova Lima, na região metropolitana de Belo Horizonte, por danos causados em razão da instabilidade das barragens em Macacos, e que pague R$2 bilhões para reparação de danos e custeio de assessorias técnicas e auditorias externas necessárias para a solução do problema.

 

A ação ainda pede que a mineradora faça, em um prazo de 20 dias, pagamentos mensais emergenciais de um salário mínimo para adultos e de meio para crianças e adolescentes atingidos. Esse pagamento deverá ser feito pelo prazo mínimo de um ano, podendo ser prorrogado pela Justiça. Também é solicitada a manutenção do bloqueio de R$1 bilhão, determinado pela Justiça em março, para reparação de danos materiais e morais causados à população.

 

No dia 16 de fevereiro, a Vale realizou a evacuação de cerca de 200 moradores no distrito de Macacos, em Nova Lima, por determinação da Agência Nacional de Mineração, após empresas terceirizadas realizarem inspeção e não atestarem a segurança das barragens.

 

A ação ON da Vale, que sobe impulsionada pela alta do minério de ferro, reduziu levemente a alta após a notícia. Às 16h15, o papel subia 3,51%, a R$51,96.

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis