TC Mover
Mover

Fiat propõe fusão com a Renault para criar terceira maior montadora

Postado por: TC Mover em 27/05/2019 às 9:38

A Fiat Chrysler propôs hoje uma fusão “transformadora” e de iguais com a francesa Renault, a primeira a ser anunciada entre grandes montadoras desde o início da guerra comercial e em meio ao crescente risco oferecido à indústria pelas tecnologias dos carros elétricos e autônomos.

 

Segundo a proposta da Fiat, a montadora ítalo-americana seria dona de 50% das ações e o restante seria de propriedade da Renault, dando à nova companhia um valor de mercado aproximado de US$40 bilhões. As ações da nova companhia seriam negociadas nas bolsas de Nova Iorque e Milão. O conselho da Renault deve se reunir hoje para estudar a proposta de fusão.

 

A fusão concretizaria um desejo do falecido presidente da Fiat, Sergio Marchionne, que sempre acreditou na formação de alianças para fazer frente aos crescentes desafios de escala, demanda e tecnologia na indústria automobilística. Marchionne morreu no ano passado. Um acordo criaria a terceira maior montadora do mundo, atrás da Volkswagen e da Toyota.

 

Segundo a Fiat, o acordo proposto fundiria as duas montadoras sob uma holding holandesa listada, além de oferecer aos acionistas da Fiat Chrysler o pagamento de um dividendo especial de 2,5 bilhões de euros. A companhia italiana estima que o grupo venderia quase 9 milhões de veículos ao ano.

 

No Brasil, a Fiat tem um grande polo de produção de veículos em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte; já a Renault tem plantas perto de Curitiba. A Renault atualmente tem alianças estratégicas com as japonesas Nissan e Mitsubishi – que não foram incluídas na proposta de fusão da Fiat.

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis