TC Mover
Mover

Compra da Avon comprometeria desalavancagem da Natura

Postado por: TC Mover em 25/03/2019 às 11:15

A aquisição da Avon seria um grande passo para a estratégia da Natura de expandir a atuação fora do mercado latino-americano ao custo de comprometer o processo de reduzir o endividamento da companhia, disseram analistas do JPMorgan e do BTG Pactual em relatórios nesta segunda-feira, sinalizando que o negócio pode pressionar as finanças da empresa no curto e médio prazo. O papel despencava na manhã desta segunda-feira.

 

Os analistas do JPMorgan apontam que a alavancagem da Natura poderia passar de 3,1 vezes para 5 vezes a dívida bruta sobre o EBITDA com a compra das operações globais da Avon, que tem apresentado dificuldade de crescimento e lucro no mercado americano, o maior da companhia. O BTG Pactual calcula que o índice, que mede a capacidade de pagar a dívida com a geração de caixa operacional de uma companhia, pode subir de 2,7 vezes para 4,5 vezes. Outra alternativa seria uma possível oferta pública de ações – pressionando o valor dos papéis ON da companhia.

 

Os boatos dessa negociação, diz o JPMorgan, começaram há seis meses, mas foram negados por ambas as empresas até então. Hoje, uma reportagem do Wall Street Journal voltou a citar a possível transação, citando fontes dentro das companhias.

 

O papel da Natura recuava 3,5% a R$40,07 às 11h05 nesta segunda-feira, enquanto as ações da Avon nos Estados Unidos aceleravam 1,96% no pré-market.

 

(Foto: Natura/Divulgação)

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis