TC Mover
Mover

BTG Pactual eleva alvo de Minerva ON, vê cenário melhor com demanda chinesa

Postado por: TC Mover em 26/11/2019 às 11:14

O BTG Pactual elevou o preço-alvo de Minerva ON para 2020, considerando o cenário global favorável para a empresa, que deve ter margens ainda mais fortes no ano que vem, de acordo com relatório desta terça-feira.

 

A equipe de analistas do banco manteve a recomendação de compra e ajustou as expectativas de preço-alvo, de R$11 para R$16, após a reunião que a Minerva organizou com investidores ontem em São Paulo. “O surto de gripe suína africana na Ásia e na Europa, desencadeando um enorme desequilíbrio global de proteínas, combinado com a crescente dependência da China de importações de proteínas e da América do Sul criou um cenário sem precedentes”, dizem os analistas Thiago Duarte e Henrique Brustolin.

 

Segundo o relatório, a China oferece a maior oportunidade no cenário global, por conta de um baixo consumo per capita combinado com os altos e crescentes preços da carne doméstica na China e as recentes licenças de importação para várias novas fábricas brasileiras – que “sugerem que o mix poderia continuar melhorando”. Só a Minera teve sua capacidade de exportação para a China aumentada em 54% em setembro. A demanda por carne bovina também deve ser impulsionada pelo efeito de substituição causado pela escassez de carne suína.

 

Os preços crescentes do gado ainda não são motivo de preocupação. Ao discutir o recente aumento dos preços do gado no Brasil, a administração da Minerva descreveu-o como uma combinação de fatores sazonais, com forte demanda de exportação, o que permite que os frigoríficos paguem preços mais altos do gado sem sacrificar margens, de acordo com os analistas.

 

A Minerva reiterou seu compromisso com a redução de dívida que permita, no futuro, melhorar os proventos. Depois de aumentar sua capacidade em quase 50% há dois anos, a Minerva acredita que agora possui uma presença forte para aproveitar os benefícios de ser um produtor de carne bovina com foco na América do Sul – sinalizando seu interesse em buscar formas seletivas de crescimento inorgânico. Segundo o relatório, a companhia indicou que as margens de 2020 poderiam ser ainda mais fortes do que em 2019, e combinadas com uma disponibilidade ainda forte de gado na maioria das regiões e preços favoráveis poderiam resultar em um EBITDA – lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização – de R$2 bilhões.

 

A ação, que é uma das preferidas do setor para o BTG Pactual, disparou 6,65% ontem. No ano, o papel avançou 169,94%.

 

(Foto: Divulgação)

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis