TC Mover
Mover

’Aviso prévio’ com resultados fracos do Citigroup pesa em Nova Iorque

Postado por: TC Mover em 14/01/2019 às 13:56

Citigroup Inc. deu hoje o primeiro alerta de como foi o desempenho dos maiores bancos comerciais e de investimento americanos durante o surto violento de volatilidade nos últimos meses de 2018. O alerta foi pouco alentador: a receita da negociação de títulos de renda fixa, a maior na mesa de operações do banco nova-iorquino, desabou 21% no quarto trimestre e atingiu seu menor patamar em sete anos. O papel, que chegou a cair perto de 2% nos primeiros negócios do dia na NYSE, subia 2% a US$57,78 às 13h00, horário de Brasília.

 

 

Da mesma forma, os negócios de subscrição de ações e títulos, a chamada receita de investment banking, também despencaram mais do que o consenso esperava, puxando o retorno sobre o patrimônio líquido do Citigroup abaixo da meta para o ano. A receita de negociações em títulos de renda fixa caiu para US$1,94 bilhão, arrastando a margem financeira total do banco para US$17,1 bilhões, abaixo do consenso de US$17,6 bilhões compilado pela Refinitiv.

 

O lucro recorrente por ação do banco atingiu US$1,61, superando o consenso de US$1,55. As despesas operacionais caíram 4%, ajudando o lucro líquido do Citigroup a crescer 14% no trimestre para US$4,2 bilhões. Os números podem ser vistos como uma tendência dos resultados de outros gigantes financeiros, como JPMorgan Chase & Co, Morgan Stanley e Bank of America – que divulgam seus números do quarto trimestre nesta semana.

 

 

O desempenho da margem financeira, das receitas de tesouraria e dos lucros recorrentes dos bancos americanos geralmente atraem grande interesse do investidor, que tem procurado detectar alguma melhora ou piora nos fundamentos das companhias para operar, em meio às incertezas que cercam a política, a situação da economia dos Estados Unidos e as disputas comerciais do país com a China.

 

 

Espera-se que a temporada de resultados do quarto trimestre seja mais fraca que a do trimestre anterior, com as empresas apresentando crescimento morno nas receitas e foco em cortes de custos para manter a rentabilidade. Já resultados fortes podem amenizar as preocupações de uma queda secular na atividade econômica e ajudar a limitar a volatilidade, de acordo com analistas e contribuidores TC.

 

 

(Foto: Logo do Citigroup – CNBC)

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis