TC Mover
Mover

Ambev tem pior queda desde março após balanço sugerir ‘incapacidade’ para elevar EBITDA

Postado por: TC Mover em 25/10/2019 às 12:14

A ação ON da Ambev registrava sua pior queda desde março na manhã desta sexta-feira, refletindo a preocupação do mercado com a incapacidade da maior produtora de bebidas da América Latina de elevar seu lucro operacional em meio à crise econômica na Argentina, a economia lenta no Brasil e à concorrência mais acirrada.

 

O papel ON da empresa despencava 5,84% a R$18,06 por volta das 10h30. O papel chegou a cair 10%, pior tombo em 11 anos. A Ambev registrou lucro líquido ajustado de R$2,441 bilhões no trimestre, queda de 15,8% na base anual e abaixo do consenso de R$2,49 bilhões. Segundo a companhia, a piora do desempenho reflete a maior despesa de imposto de renda e a estagnação do lucro bruto, assim como a queda no lucro operacional. Esse último, conhecido como EBITDA ajustado, atingiu R$4,410 bilhões no trimestre, recuo de 4% na mesma base e abaixo do consenso de R$4,83 bilhões.

 

Os investidores apertaram o botão de venda no papel, principalmente porque o impacto do ajuste de preços da companhia foi potencializado por descontos realizados pela concorrência no mesmo período e por um ambiente macroeconômico desafiador. Segundo analistas do BTG Pactual, Credit Suisse e Itaú BBA, a reação negativa do mercado refletiria o comentário da Ambev no balanço, de que “os desafios enfrentados no terceiro trimestre, alguns dos quais continuam no trimestre atual, podem inibir a capacidade de acelerar o crescimento de EBITDA no Brasil neste ano.” A situação deve levar a revisões de estimativas de lucro para esse ano e o próximo, disseram membros experientes do TC. “Os resultados do terceiro trimestre reforçam nossa postura cética sobre a capacidade da Ambev de retomar o poder de precificação sem sacrificar os volumes,” disse Thiago Duarta, analista do BTG Pactual. A companhia está avaliada a 12,7 vezes EBITDA anual e a ação negocia a 24 vezes lucro estimado para esse ano.

 

(Foto: Ambev – divulgação)

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis