TC Mover
Mover

Ações da Vale despencam após complicações no caso Brumadinho

Postado por: TC Mover em 07/02/2019 às 9:54

Os papéis da Vale despencaram ontem após reportagens do Valor Econômico e do The Wall Street Journal mostrarem que, dias antes do rompimento da barragem em Brumadinho, a companhia tinha identificado problemas nos dados de sensores responsáveis por monitorar a estrutura e na drenagem. A barragem da Mina do Feijão se rompeu no dia 25 de janeiro e deixou mais de 150 mortos e perto de 200 desaparecidos.

 

Segundo a coluna do jornalista Lauro Jardim, do O Globo, a diretoria da Vale teme que a Polícia Federal detenha o funcionário Alexandre Campanha nas próximas horas. Em depoimento à PF, um engenheiro da consultoria Tüv Süd, responsável por certificar a barragem, acusou Campanha de tê-lo pressionado a assinar um laudo de estabilidade.

 

É difícil saber se as ações vão cair hoje, mas o pregão fechou ontem com forte pressão vendedora no papel ON da Vale. A notícia da proibição de operar mais barragens reafirmou a tese de que as consequências do incidente são incertas, disseram analistas de casas como o BTG Pactual.

 

Os problemas reputacionais e operacionais crescem e, com eles, a sensação, especialmente entre os investidores estrangeiros, de que a visibilidade é baixa demais para continuar posicionado na ação, disse uma gestora.

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis