TC Mover
Mover

Investidores avaliam possibilidade de acordo para o Brexit

Postado por: TC Mover em 17/01/2019 às 8:34

A saída do Reino Unido da União Europeia é o tema que tem ocupado o noticiário de finanças nos últimos dias após a rejeição do parlamento britânico ao acordo firmado entre a premiê Theresa May e os líderes europeus.

 

A primeira-ministra ganhou um voto de confiança e agora tenta renegociar junto aos congressistas, possivelmente remendando novos detalhes ao acordo com a UE. Assim, a data prevista para o Brexit, 29 de março, provavelmente será adiada para o segundo semestre, conforme apurou a Bloomberg.

 

O principal receio é que uma saída desordenada, mal negociada no âmbito do acesso ao mercado comum europeu e à união aduaneira acabe machucando as economias do velho continente.

 

Um dos banqueiros mais badalados do mundo, Jamie Dimon, que comanda o americano JPMorgan Chase desde 2005, opinou que essa possibilidade não interessa a ninguém, então tende a ser evitada. Seria ruim não só para o Reino Unido, mas também para a Europa. “Os ingleses receberam uma mão ruim e jogaram mal”, disse ele. “Espero que eles tenham um acordo de retirada que lhes dê de dois a quatro anos para negociar um trato real.”

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis