TC Mover
Mover

Inadimplência recua em junho e custo de captação dos bancos cai, diz BC

Postado por: TC Mover em 26/07/2019 às 10:54

A inadimplência de famílias e empresas perante o sistema bancário do país recuou em junho para seu menor nível em pelo menos cinco anos, enquanto o custo de captação dos bancos caiu, sinalizando que as melhorias na qualidade da carteira e da margem financeira dos bancos se mantiveram ao longo do segundo trimestre.

 

O saldo das operações de crédito da carteira do Sistema Financeiro Nacional totalizou R$3,296 trilhões em junho, aumento de 0,4% no mês, com destaque para a alta de 0,6% nos desembolsos de empréstimos para pessoas físicas, disse o Banco Central nesta sexta-feira. As operações de crédito com pessoas jurídicas permaneceram estáveis, ocorrendo baixas de saldos para prejuízo na carteira de crédito direcionado, que contrabalançaram a elevação na carteira livre de empresas.

 

O estoque de créditos em atraso por 90 dias ou mais recuou de 3,9% da carteira livre em maio para 3,8% em junho, o menor patamar em anos, disse o BC. O Indicador de Custo do Crédito ICC, referente ao custo médio de toda a carteira do SFN, alcançou 21,4% ao ano. em junho, enquanto o ICC do crédito livre não rotativo registrou reduções de 0,2 e 0,8 ponto percentual, respectivamente, nas bases mensal e anual. Isso permitiu que os bancos cobraram um spread – diferencia entre o juro cobrado pelo empréstimo e o custo de captação – maior em junho, de 31,5 pontos percentuais, em junho.

 

Os números sinalizam que as tendências de margem financeira e qualidade de carteira se mantiveram benignas ao longo do segundo trimestre – como demonstrado pelos balanços de bancos como o Santander Brasil e Bradesco ao longo desta semana. Os papéis de ambos bancos recuaram após a divulgação de seus balanços, mais por temores de menor crescimento à frente e pela concorrência maior, do que por problemas com as métricas inadimplência.

 

O índice financeiro da B3, o IFNC, avançava 0,42% às 10h45. Itaú Unibanco, maior banco do país, deve soltar sesu demonstrativos trimestrais na segunda-feira.

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis