TC Mover
Mover

Guerra comercial tem primeiro pontapé em dia de IPCA e jogo do Brasil

Postado por: TC Mover em 06/07/2018 às 12:10

A sexta-feira é marcada pelo pontapé inicial no que pode se converter na maior guerra comercial da história: entraram hoje em ação as sobretaxas comerciais entre Estados Unidos e China, que somam US$34 bilhões somente nesta primeira fase. O mercado olha com cautela o início dessa briga, com as bolsas europeias operando mistas e o rendimento do título da dívida americana de dez anos caindo. Enquanto isso, a China aponta o dedo para o presidente americano Donald Trump como culpado da disputa. Aparentemente, a única chance para reverter o quadro é União Europeia buscando um diálogo. A UE condena o unilateralismo de Trump e rejeita o anseio chinês de dominar o comércio internacional.

Por aqui, o cenário político pesa cada vez mais: hoje e ontem, o noticiário destacou a concorrência por aliados entre os pré-candidatos Ciro Gomes e Geraldo Alckmin. O tempo corre mais rápido para Alckmin, que ainda não conseguiu obter o apoio do centro democrático para a eleição de outubro. Se Alckmin patina, com seu próprio partido discutindo a viabilidade de sua candidatura, o mercado também.

Fique de olho na divulgação do IPCA de junho, que subiu 1,26% no período, ainda prejudicado pela greve dos caminhoneiros. A visão é que o efeito deve ser temporário, mas os contratos de juros futuros devem reagir ao número. Hoje também é dia de jogo do Brasil, dessa vez contra a Bélgica, valendo uma vaga nas semifinais da Copa do Mundo. Mais uma vez, o pregão na parte da tarde deve ter volume mais fraco, também antecipando o feriado da Revolução Constitucionalista no estado de São Paulo, nesta segunda-feira, dia 9. A B3 estará fechada a negócios. Quer ser um investidor bem informado? Cadastre-se no TradersClub e siga nosso canal de notícias e comentários exclusivos.

 

Mercado em um minuto, segundo Contribuidores TradersClub

Câmbio: Deve oscilar em meio ao início da guerra comercial entre os EUA e a China; volume comprometido com jogo da Seleção Brasileira e atuação mais tímida do Banco Central.

Juros: Devem reagir ao IPCA de junho e movimentos no câmbio.

Bolsa: Mercado de ações deve oscilar com desdobramentos da guerra comercial e leve alta na aversão ao risco. Mercado de olho no noticiário político; volumes baixos por conta do jogo do Brasil.

Ações: Fique de olho em Embraer ON, após queda histórica das ações seguindo acordo com Boeing; Bradesco, com acusações do Ministério da Fazenda sobre concorrência; Eletrobras, com data marcada para a votação dos destaques do PL sobre as distribuidoras; CVC, com aumento de reservas para viagens; Gol, com estimativas de crescimento para o 2º trimestre; Kroton, com mudanças na administração; Banrisul, com adiamento do IPO do Banrisul Cartões.

 

Principais notícias para começar o dia bem informado

Trading News

— Com sobretaxas, guerra comercial EUA-China avança sem sinais de diálogo

— Ibovespa defende os 74 mil pontos apesar de realização de lucros

— Nem relatórios otimistas aplacam tombo da Embraer após associação

— Realização, releitura do noticiário corporativo derrubam Ibovespa

— Na contramão de muitos, Goldman Sachs diz ‘compre commodities’

— Concessionárias avançam com viés construtivo entre corretoras

 

Valor Econômico

— Emissões de emergentes têm mês mais fraco em dez anos

— Roubo de moedas digitais cresce e alcança US$ 760 milhões no ano

— Venda de excedentes dobraria produção de petróleo, diz ANP

— Ata datada do Fed confirma intenção de altas de juros

— Aumenta interesse de empresas por empréstimos em dólar

— Posição dura da China com EUA mascara preocupações internas

— Bancos entregam dados em inquérito contra líder de Temer no Congresso

 

O Estado de S. Paulo

— Papel do BC não é determinar um patamar para o dólar, afirma Ilan

— ‘Caminho pode ser a composição contra os extremos’, diz presidente do PRB

— China acusa EUA de iniciar, maior guerra comercial da história

— Acordo na área de Defesa é recebido com surpresa

 

Folha de S. Paulo

— Lojistas temem efeitos da Copa e do feriadão nas vendas

— Cúpula do DEM não forçar apoio a Ciro; decisão será por maioria

— Empresário escravocrata pode ficar com Bolsonaro, diz Cid Gomes

— Venda de ações do governo em empresas gera reação no Congresso

 

O Globo

— Resultado das estatais salta 456% em 2017, com lucro de R$ 25,4 bilhões

–IBGE mostra que 13% das cidades do país têm prédios ou terrenos invadidos

— Leilão da cessão onerosa pode render R$ 1,8 trilhão em tributos, diz ANP

 

TC Recomendações: Ambev

$ABEV3: O BTG Pactual disse que a Copa do Mundo deve ajudar a Ambev a reverter a queda no volume ocasionada pela greve dos caminhoneiros, mas que preços baixos, custo alto, maiores gastos com marketing e setor de bebidas não-alcoólicas ainda desafiador deve gerar um crescimento mais fraco para o EBITDA da companhia na base anual. Equipe manteve a recomendação neutra para o papel, com preço-alvo de R$19 por ação.

 

Agenda do dia

Indicadores nacionais:
— 09h00: IPCA – IBGE
— 09h00: INPC – IBGE
— 11h00: Produção de veículos –  Anfavea

Indicadores internacionais:

— 03h00: Produção industrial da Alemanha; consenso 0,3%
— 09h30: Relatório de emprego não agrícola dos EUA em junho; consenso 200 mil
— 09h30: Balança comercial dos EUA em maio; consenso – US$43,7 bi
— 14hoo: Contagem de sondas de petróleo nos EUA – Baker Hughes

 

Eventos:
— N.D: Prazo para início de  imposição de sobretaxas recíprocas entre EUA e China

 

DISCLAIMER: Este newsletter não tem o objetivo de promover a venda de títulos e valores mobiliários específicos, e sim, de informar correta e oportunamente a quem o recebe

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis