TC Mover
Mover

Pregão foca em decisão do FOMC sem tirar olhos da eleição

Postado por: TC Mover em 26/09/2018 às 7:50

O fato global do dia será a reunião do FOMC, o comitê de política monetária do Federal Reserve americano, que deve elevar o intervalo da taxa-alvo de juros do país em mais 25 pontos-base e assumir tom mais drástico para o futuro próximo. Bolsas e moedas asiáticas operaram mistas, assim como os ativos europeus no início desta quarta-feira, à espera da decisão, que será anunciada a partir das 15h00, horário de Brasília. Apesar de esperada, o investidor precisa estar preparado para maior volatilidade, uma vez que juros mais altos nos Estados Unidos tornam os ativos emergentes menos atrativos.

 

Mesmo assim, o gatilho da bolsa, câmbio e juros no Brasil continua sendo a eleição. Faltando apenas oito pregões para o primeiro turno da eleição, as sondagens Empiricus/Paraná Pesquisas e CNI/Ibope devem ter ainda mais peso; as duas serão publicadas após o horário do almoço. Outro foco do dia será o julgamento de um recurso no Supremo Tribunal Federal para habilitar o voto de 3,3 milhões de eleitores, mesmo após cancelamento dos títulos por falta de identificação biométrica. Vale lembrar que a maioria destes eleitores é das regiões Norte e Nordeste, onde o PT tradicionalmente tem maior adesão.  

 


– No final da tarde, também haverá o debate promovido por SBT, Folha de S.Paulo e UOL; atenção principalmente ao desempenho de Fernando Haddad, do PT, que viu suas intenções de voto crescerem em pesquisas recentes, reacendendo os temores do mercado em relação à vitória de um candidato pouco comprometido com o ajuste fiscal. Jair Bolsonaro, líder nas pesquisas e alvo de ataques dos adversários, não participará – ainda se recupera do atentado contra sua vida no início do mês. Entre os indicadores de hoje se destacam alguns números do mercado de crédito em agosto, fluxo cambial semanal e estoques de petróleo dos EUA.

Quer ser um investidor bem informado? Cadastre-se no TradersClub e siga nosso canal de notícias e comentários exclusivos.

 

Mercado em um minuto, segundo Contribuidores TradersClub

 

— Câmbio: deve manter padrão de oscilação entre R$4,06 e R$4,12, à espera de pesquisas eleitorais e da decisão de juros nos EUA; fluxo de entrada forte e vencimentos de posições vendidas dão à moeda viés de estabilidade.

 

— Juros: devem ficar sensíveis às sondagens eleitorais da Empiricus/Paraná Pesquisas e CNI/Ibope; demanda por maior prêmio deve continuar pressionando desempenho da renda fixa.

 

— Bolsa: petróleo em queda e bolsas mistas podem impactar o sentimento do mercado de manhã; à tarde, atenção vira para pesquisas, decisão e coletiva do Fed.

 

— Ações: Cemig, que fará leilão de compra de eólica e solar; Bradespar e Litel, que vão pagar R$2,82 bilhões a Daniel Dantas; Gafisa, após gestora GWI assumir o comando do conselho; Suzano, que reduziu para a metade a linha de crédito com bancos para financiar compra da Fibria; Nike, com crescimento do lucro líquido; Petrobras, com desdobramentos de tag along na Braskem; Embraer, com negociações com a Boeing em andamento; setor de educação, após Arco Educação fazer IPO em Nova Iorque.

 

— Destaques das recomendações: Bradesco BBI elevou a recomendação do ADR da Embraer ON ($ERJ) de neutra para outperform e aumentou o preço-alvo de US$23 para US$28 com expectativas de associação comercial com a Boeing e alta do dólar.

 

Principais notícias para começar o dia bem informado

 

Trading News

— Mercados operam sob pressão à espera da nova decisão de juros dos EUA

— Mercado continuará pressionado com “risco PT”, apesar de melhora de hoje

— BB Investimentos está confiante nos papéis de serviços financeiros, independentemente da eleição

— Analistas divergem sobre perspectivas para o ADR da Vale após ganhos recentes

 

Valor Econômico

— Isenção dos EUA para calçado anima exportador brasileiro
— Candidatos dão pouca atenção à área comercial

— Venda de etanol cresce 42% no mês
— Os especialistas responsáveis pelos planos de Bolsonaro

 

O Estado de S.Paulo

— Paulo Skaf tem 24% e João Doria, 22% na disputa pelo governo de SP

— Atraso no Fies tem recorde, dívida chega a R$ 20 bi e governo estuda mudanças

— Ex-mulher relatou ao Itamaraty ameaça de morte feita por Bolsonaro

— Ciro passa por cauterização na próstata, mas deve participar de debate

 

Folha de S. Paulo

— Bolsonaro quer manter Ilan Goldfajn na presidência do BC

— Movimento do centrão mostra que siglas já ganharam o pleito

— Moradores do extremo sul de SP são esquecidos até na eleição

— Lula recorre na Justiça Eleitoral para poder votar em outubro

 

Globo/G1

— Governo quer reduzir as 309 carreiras e o salário inicial de servidor federal

— PGR pede suspensão de inquérito que investiga pagamento da Odebrecht a Temer

— PT quer apoio de Garotinho para dar palanque forte a Haddad no Rio

— Nos estados, tucanos ensaiam aproximação com Bolsonaro

Agenda do dia

 

Indicadores nacionais

— 08h00: Confiança do comércio em setembro – FGV

— 10h30: Estatísticas monetárias e de crédito – BC

— 12h30: Fluxo cambial estrangeiro – BC

 

Indicadores internacionais

— 07h00: Pesquisa CBI de Varejo e Distribuição do Reino Unido de setembro; consenso 18

— 10h00: Taxa de Desemprego do México em agosto; consenso 3,41%

— 11h00: Vendas de novas moradias dos Estados Unidos em agosto; consenso 630 mil

— 11h30: Estoques de Petróleo Bruto dos EUA; consenso -1,279 mi barris

— 16h00: Balança comercial da Argentina de agosto; consenso -US$ 150 mi

— 16h00: Atividade econômica anual da Argentina em julho; consenso -3,1%

 

Eventos

— N.D.: Previsão de divulgação de pesquisa eleitoral Empiricus/Paraná Pesquisas
— N.D.: STF deve julgar recurso sobre anulação de 3,3 milhões de títulos eleitorais por biometria
— 09h45: Cerimônia de adesão da BR Distribuidora ao Programa de Destaque em Governança de Estatais na B3
— 14h00: Previsão de divulgação de pesquisa eleitoral CNI/Ibope

— 15h00: Decisão da taxa-alvo Fed Funds dos EUA; consenso alta de 25 pontos base

— 16h00: Presidente Michel Temer tem reunião com responsáveis sobre intervenção militar no Rio de Janeiro

— 17h00: Posse do diretor da CVM, Carlos Rebello, no Rio de Janeiro

— 17h45: Debate entre candidatos à Presidência promovido por Folha de S.Paulo, UOL e SBT

— 18h30: Ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, tem reunião com presidente do BNDES, Dyogo Oliveira

 

DISCLAIMER: Este newsletter não tem o objetivo de promover a venda de títulos e valores mobiliários específicos, e sim, de informar correta e oportunamente a quem o recebe.

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis