TC Mover
Mover

Alta capacidade ociosa deve atrasar retomada de investimentos

Postado por: TC Mover em 26/02/2019 às 14:53

A retomada dos investimentos na indústria do Brasil ainda deve demorar a ganhar tração devido à grande capacidade ociosa na maioria das empresas do País, mas o cenário é otimista por conta da perspectiva de crescimento, inflação controlada, queda no desemprego e aumento da confiança dos consumidores, diz relatório especial da agência de risco S&P nesta terça-feira.

 

Para os analistas, empresas ligadas ao setor de infraestrutura e consumo devem ter uma alta mais robusta nos investimentos durante o ano por conta da suspensão do modo de cautela que imperou no País antes das eleições. Indústrias mais pesadas, por outro lado, devem apostar em melhorar e capacitar os atuais ativos.

 

Para a maior parte das 14 áreas cobertas pela S&P Global no Brasil, o fator mais importante para a recuperação em 2019 será o aumento da confiança e da demanda do consumidor, com destaque para o setor de energia e saneamento, que deve ver o consumo de energia elétrica crescer pela primeira vez em quatro anos.

 

Já em setores como os frigoríficos e as mineradoras, o desenrolar da guerra comercial entre os Estados Unidos e a China e o recrudescimento da cautela no mercado internacional são os fatores fundamentais que irão ditar o desempenho dessas companhias.

 

Para os setores de transportes, como locadoras de carros, companhias aéreas e ferroviárias, a promessa de crescimento é bancada pela intenção do governo de Jair Bolsonaro de acelerar os investimentos na área, diz a S&P. Os analistas apontam, no entanto, para a necessidade de modernização das legislações que regem esses setores, em especial o ferroviário.

 

Já no varejo, o crescimento da demanda doméstica deve ser acompanhado pela chegada de novos players do setor, como a gigante americana Amazon. Segundo o relatório, esse é um dos fatores que pode ajudar a mudar o padrão de comportamento dos consumidores e, consequentemente, das empresas, com maiores investimentos em vendas online.

 

(Foto: Indústria/Agência Brasil)

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis