TC Mover
Mover

Quer operar opções? Veja o que o trader dos 80.000% ao ano tem a dizer a você

Postado por: TC Mover em 05/09/2018 às 12:08
Rafael Ferri

Disciplina, estudo e boa leitura de mercado fazem são fundamentais para um bom trader de opções. Para Rafael Ferri, contribuidor e um dos fundadores do TC, ser bem-sucedido em um mercado altamente complexo, como o das opções de ações, demanda sangue frio e uma grande dose de otimismo.

 

Ferri, que tem 38 anos, mas uma bagagem de peso, acumulada em passagens pelas tesourarias de grandes bancos e seu périplo como investidor individual, vai fazer seu primeiro curso prático – exclusivo para assinantes Master do TradersClub – no dia 15 de setembro, em São Paulo. Será o primeiro curso do tipo no Brasil, ele disse, referindo-se à natureza prática do conteúdo.

 

A TC News quis entender como ele chegou a obter 80.000% de retorno em um ano só, porque ele acha que a simplicidade de comprar barato e vender caro tem sua ciência e quais suas estratégias favoritas sobre como operar opções. Entenda porque você, que quer dar um salto no seu aprendizado e negociar opções como um profissional, deve ser parte da turma – que no momento está com pouquíssimas vagas disponíveis.

 

TC News — Quando você começou a gostar de operar opções e quanto tempo você precisou estudar e praticar para se sentir confortável?

 

Rafael Ferri — Comecei em 1997, comprando e vendendo a antiga e famosa ação da Tele Norte Leste Participações, uma das que fazia parte do conglomerado Telemar, que hoje virou a Oi. Na época, a liquidez era muito pequena em toda bolsa. Imagina como era nas opções: quase nada. Acho que estou em treinamento ainda. Operar opções exige muito estudo, paciência e sangue gelado.

 

TCN — Se você tivesse que aprender como operar opções novamente, o que você mudaria? O que você queria ter aprendido lá atrás?

 

Rafael Ferri — Nunca consegui ter disciplina. Sou um cara muito inquieto, me interesso por tudo: leio balanços, vejo fluxo, tento entender estratégias corporativas, muitas coisas. Demorei muito para conseguir aprender um pouco, porque sempre fui muito impulsivo. Agora estou muito mais disciplinado, mas longe do ideal. Disciplina é a base para ser bem-sucedido operando opções.

 

TCN — Existe um jeito fácil de aprender sobre investir em opções?

 

Rafael Ferri — Não existe almoço grátis. Mas, pode ter certeza que fazer meu curso prático vai ajudar o aluno a reduzir a longa caminhada para começar a aprender. É claro que vou dar algumas dicas de opções que me custaram muitos milhões e muitas noites de sono para aprender. Só que, no fundo a simplicidade é o segredo, nada pode ser mais simples do que comprar barato e vender caro. O problema é que o simples é o difícil.

 

Curso Prático de Opções

Saiba mais informações sobre o curso de Rafael, exclusivo para assinantes Master do TC: https://tradersclub.com.br/curso-pratico-de-opcoes/

 

TCN — Que estratégia de opções você diria que é mais adequada para pessoas que não conhecem nada sobre operar opções?

 

Rafael Ferri — Se começa pelo começo, fazer um curso básico. Depois, o investidor precisa começar a operar bem pequeno talvez com R$50, R$100 reais e ir entendendo todo o funcionamento. Depois fazer um curso prático – acho que o meu é o primeiro do Brasil com essa ênfase. Aí, você vai precisar estudar mais um pouco e começar a praticar. Sem prática, não tem como ser bem-sucedido.

 

TCN – Você falou que, quando começou há mais de vinte anos atrás era muito incerto. Desde quando o nosso mercado se tornou mais palatável para quem opera no mercado de opções?

 

Rafael Ferri — Acho que está melhorando cada vez mais: você vê mais liquidez em vários papéis, mas o mercado ainda é muito pequeno se comparado com o mercado dos Estados Unidos. Minúsculo, na verdade.

 

TCN – Vamos falar desse lado prático do seu curso. Qual foi seu melhor trade de opções e como chegou a ele?

 

Rafael Ferri — Os grandes trades aparecem em eventos na maioria das vezes. Por exemplo, temos uma eleição nos próximos dias, que pode ser a oportunidade de um grande trade. Esse o que chamamos de “life trade”.
Mas vamos lá, tem vários que foram muito interessantes. Opção do Banco do Brasil, BBASC15, que passou de R$0,15 para R$4,80 em 2016, em meio à queda da presidente Dilma Rousseff. Apostei que o presidente da Câmara dos Deputados da época, Eduardo Cunha, abriria o processo de impeachment – e acertei em cheio.
Com a Vale, opção VALEK20, que passou de R$0,10 para R$5. Aí não houve evento. Foi mais meu conhecimento do mercado de minério, que sempre segui muito de perto, peguei na veia o grande rali que levou o preço do minério de US$40 até US$95 por tonelada em 50 dias.

 

Na verdade, observo muita coisa, foram 20 anos criando uma metodologia própria. Não é uma questão de seguir uma estratégia ou outra… É uma combinação de observação, disciplina e boa leitura de mercado. Isso vou explicar com detalhes no meu curso.

 

Curso Prático de Opções

Veja o vídeo sobre o curso: https://www.youtube.com/watch?v=_41jmgq7XtQ

 

TCN – E seu pior trade, o que deu errado?

 

Rafael Ferri – Acho que o pior trade foi o “Black Swan”, tomei um prejuízo grande durante a greve dos caminhoneiros. Foi um evento surpresa que parou o país, porque ninguém sabia quanto tempo poderia demorar a normalizar tudo e o mercado derreteu.
No meio do caminho, quando acontece um Black Swan, é difícil escapar de um tombo se você estiver apostando na alta. No “Joesley Day” também sofri um revés enorme, mas me recuperei bem.

 

TCN – Livros? Manuais?

 

Rafael Ferri — Não existe mago e sim um otimista. Mas falando em mago, eu suspeito que será difícil alguém bater os 80.000% que cravei em 2016, que foi até alvo de reportagem no UOL. Na época o diretor de jornalismo da agência duvidou e achou que era mentira que eu tinha conseguido multiplicar por 800 vezes o meu investimento inicial, eu tive que mostrar o IR e notas de corretagem. Só assim para acreditarem!
Acho que não é esse tipo de conhecimento ou outro que fazem de você um trader competente. Estudar muito, fazer uma boa rede de networking no mercado com pessoas que possam agregar conhecimento ao seu, estar sempre ligado ao noticiário e aprender a interpretar as notícias e eventos ajudam. Em relação ao livro, acho que “Reminiscences of a Stock Operator” é uma bela leitura. No geral, procure menos teoria e mais prática.

 

Mais Informações

Mais informações?
Escreva para nossa central de atendimento: [email protected]
ou ligue para o nosso número em São Paulo (011) 4200-7850 para esclarecimentos, só no horário comercial.

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis