Brent cai após WSJ dizer que sauditas podem reduzir produção
TC News
News

Brent reduz queda após WSJ dizer que sauditas podem reduzir produção de petróleo

Postado por: TC News em 23/11/2018 às 16:52

— O petróleo Brent reduziu perdas após notícia de que a Arábia Saudita e a Opep estão considerando manter a produção de petróleo dentro das metas atuais, o que diminuiria a oferta sem ter de realizar um novo corte de produção, disseram fontes ao The Wall Street Journal.

  • O contrato do petróleo Brent para janeiro reduziu perdas após a notícia e caía 4,8% a US$59,55 após a notícia. Desde seu pico de 2018, no começo de outubro, a commodity já perdeu mais de 30% – com temores de uma sobreoferta global de petróleo e menor demanda por conta de uma possível desaceleração econômica global.
  • Atualmente, a Arábia Saudita, principal produtora de petróleo do mundo, está produzindo cerca de 1 milhão de barris a mais do que deveria para cumprir a meta, disse o WSJ.

— ANÁLISE E REAÇÃO

  • A medida ajudaria a estabilizar os preços da commodity sem gerar disparada nos preços, evitando um confronto com os interesses dos Estados Unidos. Recentemente, o presidente americano, Donald Trump, têm expressado insatisfação com os preços altos do petróleo.
  • A cotação do Brent subiu mais de 20% entre janeiro e outubro; um mês atrás a commodity estava no seu maior patamar desde 2014 e com viés de alta.
  • Alguns analistas sugeriram hoje que o petróleo dificilmente cairá sem que haja um suporte nos mercados acionários globais, o que parece longe de acontecer no curtíssimo prazo.
  • No Brasil, os papéis das principais petroleiras reagiram arrefecendo queda momentaneamente após a notícia. Petrobras PN, no entanto, voltou a aprofundar perdas e caía 3,2% às 16h03.

Gráfico: Preço do Brent – WSJ Data

 

TC News Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis