TC News
News

Mercado de olho na visita de Bolsonaro a Brasília: teremos mais anúncios ou mais dúvidas?

Postado por: TradersClub em 13/11/2018 às 8:56

O dia começa com a visita que o presidente eleito Jair Bolsonaro fará à sua equipe de transição a partir das 09h00, em Brasília. Após praticamente sepultar as chances da passagem da reforma da Previdência, ou parte dela, ainda neste ano, Bolsonaro deve dar os toques finais ao anúncio do núcleo duro do seu gabinete ministerial. Os comentários sobre a reforma não impactaram tanto o mercado, que já esperava uma saída desse tipo: ou seja, Bolsonaro tentando se afastar de qualquer solução proposta pelo governo do presidente Michel Temer ao assunto. As esperanças de uma blitzkrieg para resolver o maior problema fiscal do país foram água abaixo, o que deixa ainda mais incerto temas como a mudança da idade mínima para se aposentar e a alteração de regras de servidores públicos.

 

O que mais preocupa, em resumo, não é se ele se esforçará agora ou depois para votar a reforma; segundo um gestor sediado no Rio de Janeiro, o problema é que ele não parece muito interessado em cortar na carne, nem entrar em confronto com o funcionalismo, o Congresso e as categorias que se beneficiam de um sistema de pensões sistematicamente injusto. Também, disse o gestor, a situação indica que ele está mais interessado em dar mais espaço para seu próximo ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni – que parece se opor a uma reforma abrangente – do que a seu ministro da Economia, Paulo Guedes. Se isso for certo, disse o gestor, melhor apertar os cintos. Ainda é cedo para saber.

 

No exterior, o investidor precisa ficar atento ao andamento das conversas entre os Estados Unidos e a China, após notícia de que o vice-primeiro-ministro chinês, Liu He, deve visitar Washington para os preparativos do encontro entre os presidentes Donald Trump e Xi Jinping durante a reunião do G-20. Os chineses esperam encontrar pontos comuns para reduzir as diferenças de visão sobre o comércio com os americanos. Os mercados asiáticos, em especial as bolsas chinesas, reagiram bem à notícia. Espere um dia com volatilidade e bastante ruído: Trump acostuma surpreender os usuários do Twitter com declarações bombásticas, sempre na véspera de reuniões importantes – ainda mais quando o assunto é China. Hoje o investidor também deve acompanhar os balanços de Itaúsa, Bradespar e JBS e dados de vendas no varejo, às 09h00.

 

Quer ser um investidor bem informado? Cadastre-se no TradersClub e siga nosso canal de notícias e comentários exclusivos.

 

Mercado hoje, segundo Contribuidores TC

 

— O mercado asiático fechou com comportamento misto e viés de queda, seguindo a derrubada das bolsas americanas da véspera. Lideradas pela ação da Apple e de outras firmas de tecnologia, as perdas nas bolsas dos Estados Unidos levaram à queda de 1,5% da sul-coreana Samsung, entre outras.

 

— Turbinando a queda nos EUA, as ações do banco Goldman Sachs afundaram 7% com a piora do escândalo ligado ao fundo soberano da Malásia. Se especula que o antigo CEO do banco, Lloyd Blankfein, teve um encontro com lideranças do fundo, chamado 1MDB. A ação teve a maior queda desde 2011.

 

— Na Europa, os mercados se recuperam do tombo de ontem. Na Itália, o banco Carige receberá uma injeção de 400 milhões de euros para cumprir as regras do Banco Central Europeu, liberando o já super endividado governo italiano de um gasto extra para manter as metas de posição de capital da instituição e a confiança no sistema financeiro doméstico.

 

Principais notícias corporativas

 

— Petrobras: Bolsonaro disse que ainda não há definição sobre o comando da estatal.

 

— Via Varejo: A companhia lançou um projeto piloto de entrega de compras online.

 

— Banrisul: O banco divulgará resultados do terceiro trimestre pela manhã. O consenso espera lucro líquido de R$259 milhões.

 

— Gafisa: A construtora informou que a participação do grupo GWI atingiu 42,47% das ações ON da companhia.

 

— Santos Brasil: O lucro líquido da companhia no terceiro trimestre aumentou 10 vezes. A teleconferência será 12h00. Acordo com a Maersk garante carga até 2021 para a Santos Brasil, que tem um potencial sólido de crescimento do EBITDA graças à recente retomada dos preços e volumes da companhia, de acordo com analistas do BTG Pactual.  

 

— Ouro Fino: O BB Investimentos elevou preço-alvo da Ouro Fino ON de R$29 para R$34, mantendo recomendação outperform.

 

— Facebook: As ações da companhia caíram após usuários relatarem que a rede social ficou fora do ar na segunda-feira.

 

— JBS: A companhia informará os números do terceiro trimestre após o fechamento do pregão. O consenso espera prejuízo líquido de R$730 milhões.

 

— Apple: As ações da gigante de tecnologia caem 5% com dúvidas sobre demanda por iPhone e puxam Bolsas dos EUA.

 

Agenda do dia

 

Indicadores nacionais
— 09h00: Vendas no varejo de setembro – IBGE; consenso 0,3% na base mensal

— 09h00: Vendas no varejo de setembro – IBGE; consenso 1,6% na base anual

 

Indicadores internacionais
— 05h00: IPC da Alemanha em outubro; consenso 0,2% na base mensal
— 07h30: Taxa de desemprego do Reino Unido em setembro; consenso 4,0%
— 08h00: Percepção econômica Zew da Alemanha; consenso – 24,2
— 08h00: Percepção econômica Zew da União Europeia; consenso – 17,3
— 09h20: Relatório mensal sobre o mercado de petróleo – Opep
— 17h00: Balanço orçamentário federal dos EUA em outubro; consenso US$107,5 bilhões
— 21h50: PIB do Japão no 3T; consenso -0,3% na base sequencial
— ND: Relatório da IEA com perspectivas para setor de energia global

 

Resultados Corporativos
— Antes da abertura: Banrisul, Itaúsa, Bradespar
— Depois do fechamento: JBS, BR Malls, Mahle Metal Leve, Rossi, Totvs, Lojas Marisa, Brasil Brokers
— ND: Even

 

Teleconferências
— 10h30: Positivo
— 11h00: Linx, CPFL Energia,
— 12h00: Braskem, Santos Brasil
— 14h30: Eletrobras, Light

 

DISCLAIMER: Este newsletter não tem o objetivo de promover a venda de títulos e valores mobiliários específicos, e sim, de informar correta e oportunamente a quem o recebe.

TC News Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis