TC Mover
Mover

Dados de emprego dos EUA, acordo da Opep impulsionam bolsa brasileira; Petrobras lidera ganhos

Postado por: TC Mover em 07/12/2018 às 14:28

— O índice Bovespa virou no final da manhã desta sexta-feira após uma abertura mal-humorada que se arrastou até a divulgação dos dados de emprego dos EUA melhor do que o esperado pelo mercado e a sinalização de um acordo de corte de oferta de petróleo por parte dos maiores produtores da commodity. O movimento sinaliza uma volta, mesmo tímida, da demanda por ativos de maior risco mundo afora, entre eles, os brasileiros.
— Por outro lado, o resultado da inflação de novembro surpreendeu o mercado, mostrando queda bem maior do que o consenso – o que reforça a perspectiva de manutenção da taxa básica de juros Selic em 6,5% até, pelo menos o terceiro trimestre do ano que vem, de acordo com Camila Abdelmalack, da CM Capital Markets. Juro na mínima histórica por mais tempo tende a ser um ímã para os ativos de renda variável, como as ações e as opções.
* O Ibovespa subia 0,8% às 12h27, após recuo de 0,77% mais cedo.
* As ações PN e ON da Petrobras subiam 2,89% e 3%, respectivamente, liderando os ganhos no índice; o contrato do petróleo Brent para maio disparava quase 5% em Londres, para US$62,89.
* Os índices americanos abriam em leve queda, se recuperando do forte tombo de ontem.
* Em Viena, os maiores produtores de petróleo do mundo, reunidos na Opep, teriam concordado em reduzir a produção da commodity em 800 mil barris por dia, num esforço para enxugar o excesso de oferta que vem pressionando os preços, segundo a mídia internacional; os países fora do cartel concordariam em cortes de mais 400 mil barris/dia.
* Nos Estados Unidos, as 155.000 vagas de emprego criadas em novembro, como mostrou o relatório conhecido como payroll, ajudaram a mitigar a cautela após o tombo de ontem; o consenso era de 200.000 para o mês.
* Com a economia americana crescendo a passos mais lentos que o esperado, crescem as chances de o Federal Reserve, o banco central do país, pisar no freio na alta de juros do país.
* O volume projetado para o pregão brasileiro era de R$9,1 bilhões, abaixo da média para o horário.
* As ações da Eletrobras também eram destaque, com altas de 4,93% para o papel ON e de 3,73% para o papel PNB após Valor Econômico noticiar que a estatal já teria uma oferta para a venda da distribuidora do Amazonas, que foi mantida para o dia 10 de dezembro.
* Os índices de referência da B3 subiam, com destaque para o setor financeiro.

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis