Juros nos EUA estão ‘pouco abaixo’ da taxa neutra, diz Powell; mercados comemoram

Postado por: TradersClub em 28/11/2018 às 15:52


— As taxas de juros nos Estados Unidos estão “logo abaixo” da chamada faixa neutra, aquela que nem estimula nem desestimula o crescimento econômico, disse hoje o presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, levando os mercados globais à euforia com a indicação de que a autarquia não precisará subir o custo do dinheiro significativamente para conter a inflação. Veja Powell falando ao vivo.

  •  Em um discurso no New York Economic Club, Powell disse que ele e outras lideranças do Fed mantêm sua tese de que a economia dos EUA continua sólida, o desemprego baixo e a inflação controlada.
  • Ele disse que os efeitos econômicos dos aumentos graduais da taxa-alvo de juros, que estão em curso desde 2015, são incertos, e podem levar um ano ou mais para serem plenamente entendidos.
  • “Mesmo que as nossas projeções estejam baseadas nas melhores avaliações possíveis, não temos um caminho de política monetária pré-definida”, disse.
  • Os comentários de Powell provavelmente serão vistos como “dóceis”, ou seja, que devem relaxar os temores de fortes aumentos na taxa-alvo ao longo de 2019; a alta de dezembro é quase certa.
  • O dólar americano despencou após a fala de Powell, porque a expectativa de taxas pouco acima das atuais deve deixar a moeda menos atrativa. A moeda recuava 0,4% ante seus pares, de acordo com o índice DXY.
  • Os índices acionários referência no mercado norte-americano dispararam: o Dow Jones Industrials subia 1,8%, enquanto o S&P500 subia 1,5%.
  • O rendimento dos Treasuries de dez anos recuava 1 ponto-base a 3,044%.
  • Já no Brasil, o mercado que estava cabisbaixo antes do discurso de Powell, virou e passou a subir: o Ibovespa avançava 1,1%, o câmbio futuro despencava 0,8% e o juro futuro com vencimento em janeiro de 2020 recuava 6 pontos para 6,94%.

(Foto: Joshua Roberts/Reuters)