TC Mover
Mover

Bolsas se recuperam com mãozinha do Fed; no radar, Powell, varejo, Copom: Espresso

Postado por: TC Mover em 15/06/2020 às 19:18

As bolsas de valores registraram fortes oscilações hoje, passando de quedas de quase 3% pela manhã para altas de mais de 1% à tarde em Nova Iorque, com os investidores divididos entre preocupações com a retomada dos casos de coronavírus na China e nos Estados Unidos e novos incentivos anunciados pelo Federal Reserve. No fim do dia, os índices das bolsas americanas fecharam em alta e o Ibovespa reduziu drasticamente as perdas, mantendo-se acima dos 92 mil pontos. O clima dos mercados, porém, é de grande indefinição e instabilidade diante dos impactos na economia da pandemia de coronavírus, que está perto dos 8 milhões de infectados e das 435 mil mortes no mundo, e de como será a retomada após o pico da doença. A recuperação rápida, em “V”, hipótese que fez os mercados dispararem em maio, vai ficando para trás, e os cenários de retomada mais lenta, em “U” ou com idas e vindas, em “W”, vão se fortalecendo a cada dado de aumento de casos ou de recuperação mais lenta da atividade. Na China, um mercado teve de ser interditado em Pequim após um surto da doença e, nos Estados Unidos, 20 Estados registraram aumento de casos após a reabertura.

 

Pássaro na mão – Na dúvida, os investidores que ganharam nas últimas semanas colocam no bolso parte dos lucros, aguardando confirmações da retomada ou novos anúncios de ajuda. Foi o que aconteceu hoje, com o Fed anunciando que deve incluir papéis emitidos por empresas em sua lista de compras para socorrer os mercados. A notícia fez os índices de ações, que vinham lutando para se manter no azul, engatarem mais um dia de ganhos mesmo com os temores de recaídas do vírus.

Mover Pro

Informação, análises e ideias de investimentos 24/7

Experimente 7 dias grátis